Ni no Kuni: Wrath of the White Witch pode ganhar versão PC, provoca CEO

O game de RPG com estética de anime Ni No Kuni 2 : Revenant Kingdom está próximo de ser lançado para os computadores, apesar de seu antecessor nunca ter aparecido na plataforma. Pelo o que tem falado o CEO da Level-5, Akihiro Hino, essa ausência pode ser corrigida em breve.

Site oficial: Ni No Kuni 2: Revenant Kingdom

Quando perguntado pela reportagem do site PC Gamer se veremos um port para PC de Ni No Kuni 1: Wrath of the White Witch, ele respondeu: "eu vou deixar isso para a sua imaginação por agora, mas fique ligado para mais anúncios oficiais. Vou deixar assim", provocou Hino.

O game foi lançado originalmente no Japão em 2011, exclusivamente para PlayStation 3. Na época, ele era uma versão consideravelmente melhorada de Ni No Kuni: Dominion of the Dark Djinn, game de 2010 para DS.

O título foi feito numa parceria entre a Level-5, produtora de games como Professor Layton e Inazuma Eleven, e do Studio Ghibli, famoso por animações como A Viagem de ChihiroMeu Amigo Totoro.

- Continua após a publicidade -

Após o sucesso do game tanto no console da Sony quanto no portátil da Nintendo, uma sequência era inevitável, com a diferença de que agora as plataformas escolhidas são PS4 e PC.

"Não existe qualquer diferença importante na história e nos personagens, mas com o PC, como eu tenho certeza que você sabe, existe todo o tipo de hardware", explica o CEO da Level-5.

"As pessoas poderão vivenciar uma versão mais linda de Ni No Kuni 2, dependendo do tipo de hardware que eles possuem em seus PCs", continua Hino.

Segundo ele, a produtora considera que o absoluto mínimo para o game no PC é rodar a 60 quadros por segundo. O título ainda está sendo otimizado, mas o objetivo de desempenho é esse, mesmo em máquinas mais modestas.

Ni No Kuni 2: Revenant Kingdom vai ser lançado em janeiro de 2018.

Via: PC Gamer
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.