Bitcoin bate os US$ 4.500 em novo record, quadruplicando seu valor em 8 meses

A escalada do Bitcoin rumo ao infinito e além alcançou um novo patamar ontem batendo os US$ 4.500, estabelecendo um novo recorde para a criptomoeda. O valor é quatro vezes maior do que o atingido por cada unidade em dezembro de 2016.

 

Sendo um mercado completamente novo, as criptomoedas ainda dividem a opinião de analistas. Peter Schiff, falando com a CoinDesk, disse que não importa o quanto se valorizem, as bitcoins são uma bolha e uma hora ela estoura. Quando a moeda bateu os US$ 4.000 ele afirmou que:

"Há com certeza muito otimismo para o Bitcoin e criptomoedas, e esse é o caso com bolhas em geral. A psicologia da bolha alimenta isso. Você se torna cada vez mais convencido de que vai funcionar. E quanto maior o preço fica, mais convencido você fica de que você está certo. Mas o preço não está subindo porque vai funcionar. Está subindo por causa de especulação."

"Há com certeza muito otimismo para o Bitcoin e criptomoedas, e esse é o caso com bolhas em geral. A psicologia da bolha alimenta isso. Você se torna cada vez mais convencido de que vai funcionar. E quanto maior o preço fica, mais convencido você fica de que você está certo. Mas o preço não está subindo porque vai funcionar. Está subindo por causa de especulação."

Enquanto isso, o The Next Web conversou com Adam Perlow, CEO da Zen Protocol, que tem uma visão mais otimista para o Bitcoin:

- Continua após a publicidade -

"As pessoas não estão especulando Bitcoin com Bitcoin. É um ativo. A moeda é muito boa em ser um ativo e oferecer valor. Se é uma bolha, é muito parecida com a internet. Era uma bolha também, e ela estourou. A internet ainda está aqui."

"As pessoas não estão especulando Bitcoin com Bitcoin. É um ativo. A moeda é muito boa em ser um ativo e oferecer valor. Se é uma bolha, é muito parecida com a internet. Era uma bolha também, e ela estourou. A internet ainda está aqui."

Bolha ou não, as projeções são de que o Bitcoin ainda vai se valorizar muito até o fim do ano, possivelmente até batendo os US$ 10.000.

Fonte: The Next Web
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.