Galaxy Note 4 sofre recall por falha em baterias falsificadas

O smartphone Galaxy Note 4 é alvo de um recall realizado por uma agência independente do governo dos EUA, a CPSC, por causa do risco de superaquecimento de baterias. A situação é diferente da tragédia que foi o Galaxy Note7, especialmente porque desta vez a Samsung não tem culpa do ocorrido.

Os smartphones do recall são modelos remanufaturados e distribuídos pela FedEx Supply Chain como dispositivos substitutos de um programa de seguro da AT&T. São poucas as unidades afetadas pelo problema, apenas cerca de 10,2 mil. No caso do Galaxy Note7, foram 3 milhões de dispositivos.

Esse programa foi conduzido de maneira totalmente independente da Samsung, e as baterias afetadas não são originais de fabricação da companhia sul-coreana.

"A FedEx Supply Chain efetuou recall de um lote de baterias de lítio que foram instaladas em dispositivos móveis", disse um comunicado da companhia. "Como algumas das baterias podem ser falsificadas, nós estamos muito envolvidos com nossos com nossos consumidores para garantir que todas essas baterias de lítio são seguros e rapidamente retornadas, e vamos substitui-las gratuitamente para os consumidores".

O caso ocorreu nos EUA, mas caso você esteja lendo a notícia e recebeu um Galaxy Note 4 no programa de seguro da AT&T, desligue-o imediatamente. Para mais informações, visite o website do recall.

Via: Cnet
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.