Desenvolvedores da XDA conseguem fazer root do Galaxy S8+ equipado com Snapdragon 835

Os smartphones Samsung Galaxy S8 foram lançado em abril, e depois de muito esforço e trabalho em equipe, os desenvolvedores do fórum XDA conseguiram fazer root na versão Plus do aparelho equipado com o processador Snapdragon 835. De acordo com o blog da XDA, a versão baseada no chipset da Qualcomm é extremamente complicada de ser acessada.

Análise - Samsung Galaxy S8

O processo começou com o usuário "Acoustichayes" criando um fórum focado no root do Galaxy S8 e S8+ equipados com Snapdragon há alguns meses. Segundo a XDA, mais de 140 páginas de opiniões foram coletadas, e o usuário "BotsOne" anunciou que conseguiu fazer root no modelo Plus e instalar o software SuperSU no aparelho.

De acordo com o pessoal da XDA, o exploit que deu acesso ao root não permitiu que o time liberasse o bootloader. Por causa disso, os desenvolvedores pedem que os usuários que querem fazer root tenham paciência, pois um patch e novas informações devem ser lançadas em breve.

- Continua após a publicidade -

O root em aparelhos Android permite que o usuário tenha acesso privilegiado e faça modificações como instalar ROMs no sistema. No caso do Galaxy S8, os modelos equipados com processador Exynos já foram destravados.

Com o sucesso da operação no S8+, os desenvolvedores da XDA pretendem juntar forçar para fazer o root do Galaxy S8 equipado com Snapdragon. É importante destacar que as fabricantes não apoiam o procedimento, pois o root pode abrir brechas de segurança no sistema operacional do dispositivo.

Via: Phone Arena Fonte: XDA
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.