Para CEO da Ubisoft, Xbox One X vai ajudar a indústria dos games a crescer

O CEO da Ubisoft, Yves Guillemot, pensa que o próximo console de alto desempenho da MicrosoftXbox One X, tem potencial para causar um impacto positivo em toda a indústria dos games.

Site oficial: Xbox One X

"Nós fizemos um negócio com a Microsoft em Assassin's Creed: Origins, que está aproveitando bem a vantagem de poder da máquina", explicou Guillemot. "Nós gostamos muito do que eles estão fazendo porque, ao invés de ter um Kinect ou algo do tipo, desta vez a indústria foi atrás de mais poder para a máquina, e portanto mais imersão, melhor IA e melhores games em geral".

Site oficial: Assassin's Creed Origins

"Nós gostamos disso porque significa que a indústria vai crescer porque, quanto melhor as experiências, mais pessoas irão querer tê-lo. Nós pensamos que tem um bom potencial. Se a Microsoft realmente apoiá-lo, ele pode se dar bem", completa o CEO da Ubisoft.

- Continua após a publicidade -

O Xbox One X chega ao mercado no dia 7 de novembro. O console vai custar US$ 500 (R$ 1,5 mil em conversão direta, sem contar impostos), com a própria Microsoft o posicionando como um "produto premium".

Segundo o chefe da divisão Xbox, Phil Spencer, o Xbox One S deverá vender muito melhor do que o Xbox One X, especialmente pelo seu menor preço.

Assassin's Creed: Origins será lançado no dia 27 de outubro para PC, Xbox One e PlayStation 4. O título deverá receber um patch para Xbox One X assim que o console for lançado.

Via: Gamespot
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.