Socket AMD TR4 (para ThreadRipper) e compatibilidade com coolers

Com a chegada dos processadores AMD Ryzen ThreadRipper e o socket TR4, diga-se de passagem exatamente do mesmo tamanho do socket SP3 usado pelos novos processadores EPYC, uma dúvida veio sobre a compatibilidade dos atuais coolers com esses novos processadores, muito grandes e consideravelmente maiores do que os maiores CPUs do mercado atualmente, mesmo quando comparados aos novos Core X LGA 2066 da Intel.

Quando uma situação assim acontece, temos duas características que envolvem a compatibilidade e eficiência dos coolers para torná-los compatíveis e "certificados" para o uso.

A primeira delas é logicamente o bracket que possibilita prender o cooler ao socket, no caso do novo TR4, semelhante ao Intel LGA2066 entre outros modelos de alto desempenho da empresa por não necessitar troca de base, já que a estrutura para fixar o cooler é robusta e nativa na placa-mãe, mas que requer compatibilidade com o cooler, como aconteceu no AM4, podendo ser resolvida através de novos brackets que as empresas de coolers lançam no mercado.

Atuais coolers podem deixar boa parte do CPU descoberta

Mas além do bracket temos um outro detalhe tão importante quanto, especialmente no caso dos processadores TR4/SP3, que é a base de cobertura do "block" dos coolers. Pelo tamanho muito maior desses processadores, grande parte dos atuais coolers cobrem apenas parcialmente a base superior do CPU, consequentemente a dissipação não é feita de forma ideal e tais coolers não fazem o trabalho como se espera, sendo assim muitas empresas não vão lançar brackets para seus atuais coolers, mas sim lançar novos coolers compatíveis com esses novos processadores. A Noctua, referência do mercado em coolers a ar, já se pronunciou que vai lançar em breve modelos de coolers compatíveis com os processadores Threadripper e Epyc. Porém é importante frisar também que algumas empresas vão sim lançar "brackers" adaptados para os novos CPUs topo de linha da AMD tornando seus atuais coolers compatíveis.

Para quem pretende montar sistemas com essas novas plataformas de alto desempenho da AMD, é bom ficar de olho no cooler que irá utilizar, especialmente porque por padrão os CPUs não trazem um cooler junto.

  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.