Gigabyte passa por reestruturação e funde setores de placa de vídeo e placa-mãe

Com o mercado de hardwares para PC estagnado, a Gigabyte sofreu uma queda em suas vendas e vai passar por uma reestruturação interna: os setores de placa de vídeo e placa-mãe se fundirão. As informações são do site DigiTimes.

O novo departamento de hardwares será comandado por Eddie Lin, vice-presidente da unidade de produtos para games da Gigabyte para marketing e vendas.

Em 2016, a empresa vendeu 900 mil placas-mãe a menos que em 2015, quando entregou 17,1 milhões de mainboards. A companhia lançou mais produtos intermediários e topo de linha, mas com o mercado de PC recuando, "as vendas de PC diminuíram drasticamente", diz a empresa.

De acordo com o DigiTimes, a instabilidade nas vendas da companhia se deram após os constantes recuos do mercado de PCs e a baixa demanda vinda das lan houses da China, que ainda são bastante populares no país.

As vendas de placa de vídeo estariam "crescendo" e a empresa busca uma receita de US$ 1,76 bilhões para 2017, 3% a mais do que no ano passado. No primeiro trimestre do ano, a companhia vendeu 900 mil placas de vídeo e 3.5 milhões de placas-mãe. No segundo semestre, as vendas de mainboard caíram, mas o boom das criptomoedas auxiliou a empresa com as vendas de GPU.

Segundo o DigiTimes, a reestruturação interna da Gigabyte começa a valer a partir de 1 de agosto.

Via: DigiTimes
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.