Governo dos EUA investe US$ 65 milhões para criar chip que liga cérebro às máquinas

Depois de Elon Musk, o governo dos Estados Unidos demonstrou interesse em conectar o cérebro humano com máquinas e anunciou um investimento de US$ 65 milhões para pesquisas na área.

Departamento de Defesa dos Estados Unidos revelou que pretende gastar o montante buscando inovações na área de "ciborguização" através do programa Neural Engineering System Design (NESD).

O objetivo da iniciativa é desenvolver um "sistema implantável capaz de oferecer comunicação precisa entre cérebro e o mundo digital". Basicamente, um chip que pode codificar informações do cérebro e mandá-las para computadores.

O órgão do governo vai trabalhar com diversas instituições de ensino e pesquisa para criar e desenvolver novas tecnologias para tornar o sistema de conexão real.

"As organizações vão desenvolver e pesquisar componentes básicos para alcançar a visão da NESD de uma interface neural integrada de alta resolução para criar e demonstrar sistema capazes de dar suporte para terapias e restaurações sensoriais"
- Departamento de Defesa dos Estados Unidos

"As organizações vão desenvolver e pesquisar componentes básicos para alcançar a visão da NESD de uma interface neural integrada de alta resolução para criar e demonstrar sistema capazes de dar suporte para terapias e restaurações sensoriais"
- Departamento de Defesa dos Estados Unidos

As fases iniciais do projeto vão demorar cerca de um ano para sair do papel e envolvem a criação de um hardware simples para conexão e um software capaz de gerar uma interfce básica. Em seguida o projeto será refinado e passará pela aprovação de órgãos regulatórios do país.

- Continua após a publicidade -

Levando em conta a complexidade da iniciativa, talvez demore um pouco para vivermos em um sistema ao estilo Matrix. Como o dono da Tesla e até o Facebook já declararam interesse em conectar o cérebro humano às máquinas, a corrida para transformar pessoas em ciborgues possivelmente vai ser acirrada no futuro.

Via: Tweaktown
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.