Várias placas-mães da MSI recebem BIOS especiais para minerar criptomoedas

A MSI fez uma série de testes nos seus produtos e criou uma série de atualizações de BIOS para suas placas-mãe que têm como objetivo otimizar a mineração de criptomoedas.  

O interesse em utilizar os modelos da companhia com chipset de série 100 veio depois que a Intel acabou descontinuando placas-mãe das séries H81 e B85. Isso resultou numa falta de modelos para mineração no mercado.

Por causa disso, muitos usuários resolveram utilizar as placas Z170 e Z270 da MSI e colocar 6 placas de vídeo da AMD nelas. O problema é que, muitas vezes, 3 ou 4 dessas GPUs não eram reconhecidas adequadamente pelo gerenciador de dispositivos do sistema operacional. Portanto, elas acabavam não funcionando de maneira correta durante mineração.

É aí que entram as novas BIOS E7A71IMS.120 da MSI, que trazem como principal novidade melhorias no reconhecimento de dispositivos com interface PCIe. Foi adicionada, por exemplo, uma opção "above 4G decoding", que faz com que a placa-mãe consiga alocar recursos de maneira eficiente para 6 GPUs.

A empresa verificou que os seguintes modelos são apropriados para a tarefa: Z170-A Pro, Z170A SLI Plus, Z170 Krait Gaming, Z170A Krait Gaming, Z170A Krait Gaming 3X, Z270-A Pro e H270-A Pro.

Você encontra as novas BIOS no site oficial da MSI.

Via: TechPowerUp
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.