Após rumores, desenvolvedor de Star Citizen nega problemas financeiros

O co-fundador do Cloud Imperium Games, Ortwin Freyermuth, negou os rumores de que a empresa está com problemas financeiros, e garantiu que eles possuem dinheiro suficiente para produzir o game Star Citizen.

As especulações surgiram quando surgiram informações na internet que indicavam que o estúdio teria pegado um empréstimo no banco britânico Coutts. A própria empresa teria sido oferecida como garantia para o empréstimo.

De acordo com Freyermuth, o acordo com o banco foi feito para conseguir um adiantamento do retorno de imposto. "Nossas companhias no Reino Unido têm direito a um retorno de crédito de impostos que nós recebemos todo mês pelo desenvolvimento do Squadron 42", explicou o co-fundador, num post no fórum do estúdio.

Ele explica que escolheu o banco Coutts para evitar converter outras moedas para libras esterlinas desnecessariamente. Além disso, o game Star Citizen não está incluso na garantia. Falando nela, Freyermuth diz que é padrão neste tipo de contrato, e que é nada mais do que uma formalidade.

Star Citizen teve um desenvolvimento longo e complicado. O game começou sua campanha de financiamento coletivo em 2012, e desde então já arrecadou mais de US$ 150 milhões (R$ 500 milhões).

- Continua após a publicidade -

Seu modo campanha single-player, Squadron 42, tinha lançamento inicial previsto para 2014. Depois de alguns atrasos, ele está previsto para sair em 2017.

Via: Gamespot
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.