Microsoft não mostrou mais games próprios durante E3 2017 por causa de Scalebound

O chefe da divisão Xbox da Microsoft, Phil Spencer, explicou porque não vimos mais títulos first-party exclusivos durante a sua apresentação na E3 2017. O motivo é que eles não queriam repetir o mesmo erro que aconteceu com Scalebound.

No caso, eles revelaram o título no início de seu desenvolvimento, e então ele acabou sendo cancelado. Por isso, a Microsoft vai passar a guardar seus exclusivos por mais tempo antes de anunciá-los em público.

Mas isso não quer dizer que a Microsoft não está contratando novos games exclusivos. "Nós estamos investindo em novas coisas, nós assinamos novas coisas recentemente que eu pensei assim: 'Ei, do ponto de vista de Relações Públicas, seria muito fácil para mim colocar um trailer na tela', mesmo que eu saiba que o jogo não vai sair nos próximos 2 anos e meio ou 3 anos, então eu não queria dizer isso", disse Spencer.

Ele ainda pediu que os fãs da companhia acreditem neles, pois o investimento em conteúdo exclusivo ainda é importante dentro da Microsoft.

- Continua após a publicidade -

Vale lembrar que, durante a E3 2017, a Microsoft apresentou Forza Motorsport 7 e Crackdown 3 entre seus próximos títulos exclusivos.

Via: VG24/7
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.