Intel: 10nm do Cannon e Ice Lake estão "no caminho certo"

A Intel andou passando trabalho com o desenvolvimento de algumas litografias, algo que culminou com o fim do ciclo Tick-Tock. Porém através do Twitter a empresa parece estar "voltando aos trilhos": de acordo com a publicação, a Intel já tem a primeira geração em 10nm, a Cannon Lake, com o desenvolvimento em ordem e já está avançando na produção da próxima geração, a Ice Lake, que também chegará com transistores em 10 nanômetros.

Apesar de curta (como a de todo tweet) a mensagem já dá uma pista bem interessante de "a qual pé" está o desenvolvimento das futuras gerações de microchips da empresa. Como explica o Guru 3D, a expressão "taped-in" é o penúltimo estágio de desenvolvimento de um circuito integrado, etapa que está agora a microarquitetura Ice Lake.

Ela é seguida pelo "taped-out", parte em que o design é finalizado e as máscaras fotográficas são enviadas para a fábrica para o início da produção dos microchips (primeiro em poucas unidades, depois em larga escala). Ou seja, uma etapa é o que separa alguns engenheiros da Intel de uma boa rodada de cerveja comemorativa pelo projeto do Ice Lake finalizado.

Mas, antes de chegarem esses chips com 10 nanômetros, ainda temos a terceira geração baseada em 14nm a caminho: os chips Coffee Lake, apesar de repetir a mesma litografia, prometem ganhos de até 30%. O número parece impressionante, mas é bom destacar que eles citam testes onde esses processadores trazem os maiores avanços em performance devido a uma importante novidade: a oitava geração Core virá com modelos equipados com mais núcleos que os tradicionais 2 e 4 que a empresa vem utilizando em seus modelos mainstream, resultado da pressão criada pelos modelos Ryzen. Os Coffee Lake devem chegar ao mercado no início de 2018.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Guru3D
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.