Intel dispensa Nvidia e passa a usar tecnologias gráficas da AMD

Com o fim do contrato que permite que a Intel utilize as tecnologias gráficas da Nvidia, a fabricante de CPUs firmou um contrato para utilizar a expertise da AMD. A notícia é do site Fudzilla, que afirma a divisão Radeon era a única saída da Intel, depois que a companhia foi processada pela Nvidia em 2011.

Licença de tecnologias entre Intel e Nvidia expira mês que vem; AMD será nova parceira

Para o lado da AMD, os benefícios são ainda mais claros. Segundo a reportagem, a companhia precisa aumentar sua receita, e o licenciamento deverá gerar um belo fluxo de dinheiro.

O contrato entre Intel e Nvidia termina no dia 17 de maio, a próxima quarta-feira. Apesar disso, já foi decidido internamente há pelo menos 6 anos que ele não seria renovado, de acordo com o site Fudzilla. A Intel passou os últimos anos pagando uma indenização de US$ 1,5 bilhão (R$ 4,6 bilhões) para a fabricante de placas de vídeo, por causa de um processo relacionado ao licenciamento de tecnologias.

O acordo entre Intel e AMD ainda não foi revelado oficialmente, mas essa acabou se tornando a única saída viável. Empresas como Samsung, MediaTek e Imagination têm focado seus esforços em produtos ARM, valorizados pela popularidade recente de smartphones e tablets.

Outro detalhe é que o vice-presidente sênior do Radeon Technologies Group, Raja Koduri, já trabalhou na Apple e tem uma relação bem próxima com funcionários-chave da Intel.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Fudzilla
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.