YouTuber russo é condenado a 5 anos de prisão por jogar Pokémon Go em igreja

O YouTuber russo Ruslan Sokolovsky, de 22 anos, foi condenado por um tribunal do país a 5 anos de prisão, pelo crime de "ofender sensibilidades religiosas". O que ele fez foi se filmar jogando Pokémon Go dentro da Igreja do Sangue, na cidade de Ecaterimburgo, a 1,6 mil km de Moscou.

Ele decidiu fazer a filmagem em agosto de 2016, em resposta às leis mais duras que o governo russo tinha implementado, com o objetivo de punir pessoas que supostamente insultaram os sentimentos de religiosos.

"Quem poderia se ofender por você entrar com um smartphone numa igreja?", pergunta Sokolovsky, no começo do vídeo. "Por que c******* eles te prenderiam por isso?", questiona, em tom indignado.

A resposta veio rapidamente para o jovem YouTuber, que foi preso apenas semanas depois do vídeo ir ao ar. Ele ficou em prisão domiciliar até seu recente julgamento.

Os promotores da região fizeram campanha para que ele fosse sentenciado aos 3 anos de prisão previstos pelas novas leis religiosas, mas foi possível utilizar artifícios legais e estender a pena para 5 anos.

- Continua após a publicidade -

De acordo com o site Engadget, foi usado o mesmo artigo 282 do código criminal russo, que permitiu processar a banda russa de punk rock Pussy Riot.

Prisão é considerada violação dos direitos humanos


A organização de direitos humanos Anistia Internacional está buscando a libertação de Sokolovsky, pois sua prisão constitui uma violação dos direitos humanos. O argumento é de que tanto a punição quanto a própria lei restringem a liberdade de expressão.

Só em setembro de 2016, mais de 14 mil pessoas contataram autoridades russas pedindo a libertação do jovem.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.