Vazamento de teste no 3DMark mostra uma das Radeon RX Vega abaixo da GTX 1070

Um novo vazamento de resultados de benchmark no teste Fire Strike do 3DMark mostra uma pontuação de 14.412 de uma Radeon RX Vega rodando acompanhada de um processador Ryzen R7 1800X, a atual CPU topo de linha da AMD. O número obtido fica um pouco abaixo do que uma GTX 1070 consegue na mesma configuração, como testamos aqui no Adrenaline.

*O processador usado no nosso teste acima foi um Core i7 5960X. Testes passados indicam que usando um Ryzen R7 1800X para o mesmo teste daria uma diferença de aproximadamente 400 pontos a menos, o que ainda deixaria a GTX 1070 acima dos 15.000 pontos.

Isso colocaria ao menos um dos modelos da nova geração de GPUs da AMD abaixo da concorrente, o que não é, necessariamente, uma má notícia. Isso porque o Guru3D aponta que o modelo usado no teste deve ser o de código 687F:C1, a versão que se espera ser a mais básica das novas placas de vídeo, ou seja, com valor mais acessível. Além disso, aparentemente o clock da GPU estava em 1200MHz, e o da memória em 700MHz. Isso indicaria, segundo o site, que foi usado um dos primeiros modelos de engenharia para o teste, e espera-se um clock maior no lançamento do modelo de referência, que deve vir acompanhado por dois outros mais potentes.

- Continua após a publicidade -

O resultado de benchmark e detalhes das specs para o vazamento deste modelo mostram algumas semelhanças com a arquitetura Fiji, especificamente o modelo Radeon R9 Fury X (que aparece no nosso chart).

Fonte: Guru3D
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.