Nova tecnologia da Micron promete SSDs ultrarrápidos com todo potencial do NVMe

A Micron revelou um novo sistema de armazenamento chamado SolidScale, que permite retirar os SSDs dos servidores e colocá-los em caixas separadas com o objetivo de reduzir a latência.

Site oficial: Micron SolidScale

Os específicos de como isso funciona são bem complicados, mas o ponto é utilizar todo o potencial do protocolo NVMe. Com isso, eles conseguiram entregar os dados até 2 vezes mais rápido do que utilizando matrizes tradicionais de SSDs Flash.

O que realmente permitiu esses ganhos foi uma nova tecnologia chamada NVMe over fabric 1.0 (NVMeoF), que é um protocolo de transferência de dados. Os SDDs se comunicam com o resto do hardware do datacenter utilizando cabos ethernet gigabit.

"Faça o mesmo trabalho com menos servidores, ou mais trabalho com os seus servidores já existente, utilizando uma plataforma que junta o armazenamento disponível", explica o comunicado da Micron. "Isso permite que você aumente a escala com alta eficiência, mas sem sacrificar desempenho ou aumentar os custos", completa.

- Continua após a publicidade -

A comercialização de produtos com a tecnologia SolidScale deve começar no final de 2017 ou no começo de 2018, de acordo com o vice-presidente de marketing da Micron, Eric Endebrock.

Via: TweakTown, PC World
Assuntos
Tags
ssd
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.