Após vídeos de assassinatos, Facebook vai adicionar 3 mil moderadores

Nas muitas semanas, rolou muita polêmica por causa de vídeos de assassinato que ficaram por vários minutos ou mesmo horas no ar no Facebook. Para evitar que isso aconteça de novo, o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, anunciou que a companhia vai adicionar novas 3 mil pessoas para a equipe de "operações da comunidade".

Esse time já tem 4,5 mil membros, que são responsáveis por analisar vídeos e outras denúncias de conteúdo em desacordo com as políticas do site. O caso relacionado a isso que ganhou mais repercussão foi um vídeo que mostrava um assassinato em Cleveland, nos EUA, e que ficou por horas no ar no Facebook.

O que piorou ainda mais a situação foi que, depois da companhia se desculpar e prometer melhor nesse aspecto, um vídeo de um assassinato de uma criança na Tailândia ficou na rede social por um ano inteiro.

"Se nós vamos construir uma comunidade segura, nós precisamos responder rápido", disse Zuckerberg. "Nós estamos trabalhando para fazer com que seja mais fácil de denunciar esses vídeos para que possamos executar a ação correta mais rapidamente — seja respondendo rapidamente quando alguém precisa de ajuda ou um post precisa ser deletado", completou.

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.