Nova lei chinesa força Dota e League of Legends a revelarem chances de caixas de loot

Válida desde o dia 1º de maio, uma nova lei do Ministério da Cultura da China está obrigando as desenvolvedoras de games online a divulgarem as chances dos usuários conseguirem determinados itens em suas caixas de loot. Isso já fez com que empresas como Riot Games e Valve se movessem para revelar essas porcentagens em seus populares jogos.

A companhia responsável por League of Legends é a mais recente a fazer isso, publicando as probabilidades na versão chinesa de seu site. As caixas de loot foram adicionadas ao game na temporada 2016. Os dados revelados para o loots de caixas como o Hextech Chest foram os seguintes:
Fragmentos de skins: 45.135%
Skin permanente: 29.255%
Fragmentos de Campeões: 14.61%
Campeão permanente: 7%
Ícone de invocador: 2%
Guarding the Skin (Skins de sentinelas): 2%

Um detalhe importante é que esses números são diferentes para outras regiões, de acordo com o site PC Gamer. Além disso, campeões e skins só podem ser obtidos a partir de eventos especiais. Por isso, o mais provável é que esses dados sejam para caixas relativas a esse tipo de evento.

Quem também divulgou suas chances foi a Perfect World, a parceira chinesa da Valve para Dota 2, que publicou as chances de conseguir determinados itens no tesouro do Dota 2 Asia Championships 2017. Ele é o único que não foi tirado da loja chinesa do game nos últimos dias. O item raro Eyes of the King (uma ward) tem 6% de chance de ser obtido e o muito raro bundle Armour of the Shattered Vanguard para o hero Axe tem apenas uma chance de 2%.

- Continua após a publicidade -

A companhia ainda publicou uma lista de jogadores que conseguiram obter o item comprando o tesouro, presumidamente para provar que as chances são reais. Eles não revelaram as chances de conseguir os outros 6 itens do tesouro, já que há 100% de chance de um deles estar na caixa de loot — e você não receberá um repetido. Vale lembrar que esses valores também podem mudar para outras versões do game, como algumas pessoas têm especulado no Reddit.

Agora, depende de outras empresas como a Blizzard lançarem os seus dados de loot boxes. A companhia vende caixas do tipo em games como Overwatch e Heroes of the Storm.

Via: The Verge
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.