Windows Phone tem "receita insignificante" e deve ser encerrado pela Microsoft em 2017

A Microsoft ainda não anunciou oficialmente sua saída do mercado de dispositivos móveis, mas os últimos números exibidos pela empresa mostram que a companhia não está dando muita atenção para o setor de smartphones e deve anunciar a morte do Windows Phone em breve.

De acordo com o relatório fiscal encerrado em março, a Microsoft teve uma queda de US$ 730 milhões na receita do setor de smartphones em um ano. Segundo o Neowin, a empresa lucrou US$ 735 milhões no mesmo período de 2016. Ou seja, a dona do Windows conseguiu apenas US$ 5 milhões na venda de smartphones no último trimestre.

 Amy Hood, executivo responsável pelo anúncio da parte financeira, definiu que "não houve ganho material com smartphones" e que o padrão deve se repetir durante o resto deste ano, com "receita insignificante dos smartphones nos próximos trimestres".

Graças a essa queda e o fato da empresa não fazer grandes novos lançamentos na linha Lumia desde 2015, existem indícios de que a empresa vai anunciar o fim do Windows Phone em junho, no último trimestre do ano fiscal atual da empresa.

Segundo os jornalistas especializados em Microsoft Paul Thurrott e Mary Jo Foley, os investidores estão considerando os lucros da área mobile praticamente nulo, o que vai levar a Microsoft redirecionar esse dinheiro para outros setores.

Apesar da constante queda do setor mobile, a receita da Microsoft teve um crescimento de 7% no trimestre, com um total de US$ 23,6 bilhões. A principal fonte de renda da companhia são os softwares e serviços de nuvem, incluindo as marcas Office, Skype e Azure. Esta área teve crescimento de 22% em relação ao ano anterior, com ganhos de US$ 7,96 bilhões.

Por outro lado, a parte de computação pessoal também teve uma pequena queda. O Windows e o Xbox conseguiram arrecadar US$ 8,9 bilhões, 7% a menos que no mesmo período do ano anterior, mas a receita de jogos subiu em 4%, com crescimento de 7% nas vendas do Xbox One e o número de usuários da Xbox Live crescendo 13%.

Agora é só esperar até junho para ver a movimentação dos números com a chegada do Project Scorpio e o possível fim do Windows Phone.

Via: Neowin, Neowin
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O quanto você valoriza a localização de um game?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.