Facebook está trabalhando em chip para pessoas digitarem com o cérebro

Se você acha que o mundo já está muito "Black Mirror", as ideias apresentadas pelo Facebook em sua conferência F8 vão fazer os padrões se elevarem. Além de apresentar novidades para a maior rede social do mundo, o Facebook revelou que está trabalhando em um chip que vai permitir digitar com a mente.

De acordo com a apresentação, o Facebook vai desenvolver um vestível que poderá ser instalado no corpo da pessoa, ler seus pensamentos e transcrevê-los em texto. No Facebook Newsroom, a rede social esclarece que o objetivo da ferramenta não é decodificar todos os seus pensamentos e transformá-los em texto, apenas o que for selecionado por você será transcrito.

"Isso é decodificar palavras que você já decidiu compartilhar enviando-as para o centro de fala do cérebro. É um jeito de se comunicar com a velocidade da fala e a privacidade do texto".

"Isso é decodificar palavras que você já decidiu compartilhar enviando-as para o centro de fala do cérebro. É um jeito de se comunicar com a velocidade da fala e a privacidade do texto".

O objetivo inicial é criar um sistema capaz de digitar 100 palavras por minuto com o poder do cérebro, o que seria cinco vezes mais rápido do que digitar em uma tela touchscreen, segundo o Facebook.

Para demonstrar o poder da tecnologia, a empresa apresentou chips que já existem atualmente e permitem decodificar informações do cérebro, mas só podem ser instalados com procedimentos cirúrgicos. O Facebook pretende fazer um chip pequeno e não invasivo.

- Continua após a publicidade -

Além disso, a companhia também revelou que está trabalhando em um hardware que permite ouvir através da pele. Com isso, você poderá dispensar os fones de ouvido e deixar que a música vá do seu smartphone no bolso até o seu aparelho auditivo. Tudo isso enquanto digita com a mente.

Como os projetos são experimentais, ainda não existe data para o lançamento das tecnologias, mas se até o Elon Musk está investindo na integração Homem-Máquina, pode colocar fé que isso vai pra frente.

Via: Facebook Newsroom
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.