Mark Zuckerberg comenta sobre vídeo de assassinato postado no Facebook

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, falou publicamente pela primeira vez sobre um assassinato que aconteceu na cidade de Cleveland, nos Estados Unidos, e que foi exibido num vídeo publicado na rede social

"Nós temos muito o que trabalhar... Vamos continuar fazendo tudo que podemos para impedir que tragédias como essa aconteçam", disse Zuckerberg, durante a conferência anual de desenvolvedores do Facebook.

O comentários do CEO da rede social chegam logo após a emissão de um comunicado oficial. Nele, o Facebook promete revisar o recurso de denunciar vídeos ao vivo, e facilitar que as pessoas possam avisar os responsáveis o mais rápido possível em casos assim.

O assassinato


Um homem de 37 anos – identificado pela polícia de Cleveland como Steve Stephens (imagem abaixo) – postou um vídeo no Facebook onde ele se aproxima de um homem de 74 anos chamado Robert Godwin e atira nele. De acordo com a rede social, o vídeo ficou 1 hora de 45 minutos online.

Antes do assassinato à sangue frio, Stephens estava dirigindo seu carro e postando updates no Facebook falando que ele estava "doido" e que já havia matado 13 pessoas, e estava procurando a décima-quarta vítima. Logo depois, aparentemente de maneira aleatória, ele decidiu que essa pessoa seria Godwin. Segundo a polícia, essa foi a única vítima confirmada de Stephens.

- Continua após a publicidade -

A polícia do Estado da Pennsylvania confirmou que Steve Stephens, principal suspeito do assassinato publicado no Facebook, foi encontrado morto. Ele teria cometido suicídio depois de uma curta perseguição.

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.