Google concorda em não limitar Android para outros mecanismos de busca na Rússia

A Google concordou em ser menos controladora sobre o que fabricantes de smartphones e usuários Android podem fazer na Rússia. O resultado é de um acordo feito entre a Gigante de buscas e o a antimonopolista do país, onde o Google não será mais uma ferramenta de pesquisa "padrão" nos dispositivos. 

Com isso, além de pagar uma multa de US$ 7,8 milhões, a Google não vai mais impedir (como fazia antes) que as fabricantes mudem o mecanismo de busca padrão para qualquer outro que não seja o Google. O buscador não terá mais exclusividade de aplicativo em novos dispositivos, e nem será permitido impedir que aplicativos de outras empresas venham pré-instalados neles.

Assistente de voz Google Assistant não será lançada para tablets Android

O Serviço Federal de Antimonopolista da Rússia disse que o contrato vai encerrar o "abuso de posição dominante no mercado" que a Google tem em dispositivos. A decisão vai dar mais espaço à buscadores e aplicativos de concorrentes, principalmente ao Yandex, buscador mais utilizado na Rússia. 

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.