Nvidia lança GPU Tesla P100 com HBM2 e 15 bilhões de transistores

A Nvidia anunciou que sua GPU Tesla P100, contando com HBM2 e 15 bilhões de transistores, já está disponível para compra. O hadrware foi lançado com finalidade para supercomputadores e aplicações como inteligência artificial, funcionalidades na nuvem e deep learning.

Sem fazer alarde, Nvidia lança placa de vídeo Titan Xp (sim, esse é o nome mesmo)

Com a tecnologia HBM2, a Nvidia "ultrapassa" a AMD, que foi pioneira para usar as memórias HBM. A nova GPU é desenvolvida na arquitetura FinFET 16nm, e por isso tem o dobro de desempenho por watt se comparada com as GPUs Maxwell.  

A interface de memória HBM2 conta com 4069 bits de largura, isso se liga com 4 memórias HBM2, que somam um total de 16 GB de Vram.Juntando o die da GPU, seu wafer e suas memórias, o pacote da Tesla P100 tem 150 bilhões de transistores acumulados. 


A área da GPU possui 600 mm². A placa de vídeo oferece performance de computação de precisão dupla (FP64) de 5,3 TFLOP/s, desempenho FP32 de 10,6 TFLOP/s e desempenho F16 de 21,2 TFLOP/s.

Via: Tech Power Up
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.