Facebook considera terceirizar checagem de notícias falsas, diz executivo da rede social

O chefe responsável pela divisão de Feed de Notícias do Facebook, Adam Mosseri, disse que a companhia considera pagar empresas para checar notícias falsas veiculadas na plataforma. O executivo revelou a posição da empresa sobre o assunto durante uma entrevista ao Financial Times.

"Uma relação comercial é algo do qual nós estamos abertos para negociar", disse Mosseri. "[...] Queremos assumir responsabilidade, e se isso significa acordos financeiros, faremos isso."

Youtube muda regras de monetização para diminuir plágio e conteúdo ofensivo

Nos últimos meses, o Facebook teve sua credibilidade contestada devido ao compartilhamento de notícias falsas na timeline de usuários. Em março deste ano, a rede social começou a marcar as notícias compartilhadas com fontes duvidosas. A novidade está sendo testada nos Estados Unidos e deve chegar aos outros usuários da plataforma futuramente.

Inteligência Artificial do Facebook vai analisar mensagens e dar sugestões no Messenger

- Continua após a publicidade -

Facebook poderia parar notícias falsas, mas não o faz por medo dos conservadores

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.