Pesquisa indica que sistema operacional Tizen, da Samsung, contém diversas falhas de segurança

Uma pesquisa recente de segurança reportou que o sistema operacional Tizen, presente em produtos da Samsung como Smart TVs, possui pelo menos 40 problemas de segurança. Amihai Neiderman, profissional responsável pela pesquisa, disse: "talvez o Tizen tenha o pior código que eu já vi na vida". 

A pesquisa criticou seriamente o sistema do Tizen, mas este não é o primeiro (ou último) problema de segurança que aparece em alguma programação. 

Ransomware: conheça o vírus que sequestra computadores e pede resgate - e está atingindo o Brasil em cheio

É possível que a Samsung lance o mais breve possível uma atualização do sistema operacional para solucionar essas falhas. Cerca de 30 milhões de TVs da marca utilizam o Tizen, além de que a empresa pretende adicionar o SO em 10 milhões de smarthphones até o final deste ano. 

Reconhecimento facial do Galaxy S8 pode ser enganado por foto

"Tudo o que poderia ser feito de errado aqui, foi feito. Você percebe que ninguém com qualquer entendimento de segurança viu ou escreveu este código. É como pegar um universitário e deixar ele programar seu software", disse Amihai Neiderman em entrevista ao site Motherboard.

"Tudo o que poderia ser feito de errado aqui, foi feito. Você percebe que ninguém com qualquer entendimento de segurança viu ou escreveu este código. É como pegar um universitário e deixar ele programar seu software", disse Amihai Neiderman em entrevista ao site Motherboard.

- Continua após a publicidade -

Problemas de segurança no sistema operacional são uma brecha para hackers controlarem o dispositivo remotamente, além de invadir a privacidade do usuário. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Neowin
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.