Para a Nintendo, emuladores são "uma grande ameaça para os direitos de desenvolvedores"

A cada dia que passa, o pessoal do CEMU está cada vez mais próximo de tornar "The Legend of Zelda: Breath of Wild" totalmente jogável no PC. Além de já ter mostrado o game rodando em 4K, os novos updates do desenvolvimento exibem um gameplay cada vez mais fluído. E apesar do grupo de desenvolvedores não apoiar a pirataria e recomendar que os usuários do emulador de Wii U comprem os jogos do console, a Nintendo não tem uma boa visão da prática.

A Nintendo ainda não se posicionou publicamente sobre a adaptação de "Breath of The Wild" para o PC, mas na parte corporativa de seu site, a Nintendo deixa claro seus posicionamentos em relação aos emuladores, dizendo que vai "proteger agressivamente" suas propriedades intelectuais.

"A Nintendo vai continuar a proteger agressivamente sua propriedade intelectual"

A empresa define os emuladores como "um software que permite jogar um game em uma plataforma para qual ele não foi criado", em um "hardware não autorizado". A companhia ainda diz que os "emuladores são a atual grande ameaça para os direitos de propriedade dos desenvolvedores de games".

No site, a empresa também fala sobre legitimizar os emuladores. Apesar da empresa revender consoles antigos com jogos digitais e existirem suspeitas de que a Nintendo usa ROMs baixadas na internet, regulamentar emuladores está fora de questão para a companhia.

"Emuladores são desenvolvidos para rodar ilegalmente softwares da Nintendo e promovem pirataria. Falar isso [legitimizar emuladores] é o mesmo perguntar porque não legitimizamos pirataria. Não faz sentido para os negócios. É simples e não está aberto para debates" - Nintendo

"Emuladores são desenvolvidos para rodar ilegalmente softwares da Nintendo e promovem pirataria. Falar isso [legitimizar emuladores] é o mesmo perguntar porque não legitimizamos pirataria. Não faz sentido para os negócios. É simples e não está aberto para debates" - Nintendo

- Continua após a publicidade -

A seção de perguntas e respostas também apresenta a questão dos jogos antigos, que já não são vendidos pela empresa, serem disponibilizados para download na internet. Para a companhia, isso também é pirataria, levando em conta que o software tem proteção de direitos autorais por mais de 70 anos após a publicação. "Os direitos autorais não vão expirar tão cedo nas próximas décadas".

Usar emulador de games é pirataria?
Entenda as leis por trás desses programas

Você pode tirar todas as suas dúvidas sobre o posicionamento legal da Nintendo nesta página da empresa. Para quem está interessado no progresso de "The Legend of Zelda: Breath of The Wild" no CEMU, os desenvolvedores postam novidades no Reddit.

Via: Eurogamer Fonte: Nintendo
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.