PF investiga esquema de cibercrimes no Brasil; prejuízo ultrapassa R$ 2,5 milhões

A Polícia Federal está investigando uma operação que envolve crimes cibernéticos no Brasil. A organização criminosa é especializada em fraudes de sistemas bancários na internet. Até agora, 37 mandados judiciais já foram autorizados nos estados: Goiás, Pará, Tocantins, Santa Catarina e no Distrito Federal. A estimativa da PF é que o esquema tenha causado um prejuízo de mais de R$ 2,5 milhões. 

De acordo com a Polícia Federal, essa é a segunda fase da operação, de codinome Darkode. A primeira fase aconteceu em julho de 2015, levando esse nome pois os hackers se comunicavam por um sítio eletrônico chamado Darkode. 

Netflix diz que não vai aumentar preços no Brasil após novo imposto

Dos 37 mandados, quatro são de prisão preventiva, 25 de prisão temporária e 18 de busca e apreensão em residências e empresas vinculadas à organização. O homem apontado como líder da operação cumpre pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. 

Para executar as fraudes bancárias desviando dinheiro da conta de clientes, os hackers enviavam e-mails com links para as vítimas baixarem programas maliciosos. O golpe prejudicou, essencialmente, os bancos, que tiveram que ressarcir os correntistas afetados. 

Via: G1
Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.