Direto de fábrica: malwares pré-instalados são encontrados em 36 dispositivos Android

A empresa de segurança Check Point revelou uma lista nada animadora para os donos de smartphones Android: 36 dispositivos que tiveram malwares pré-instalados em seu sistema, ou seja, que não foram baixados pelo usuário.

Em uma pesquisa feita pela empresa, diversos modelos populares de dispositivos Android, incluindo aparelhos da Samsung, AsusLG, foram diagnosticados com vírus no sistema antes de chegar às mãos dos consumidores.

Você pode conferir a lista completa com nome, lote dos aparelhos e verificar se o seu smartphone é uma das vítimas aqui.

Alguns dos aparelhos diagnosticados com malware pré-instalado

Galaxy A5
Galaxy S4
Galaxy S7
Galaxy Note 2
Galaxy Note 3
Galaxy Note 4
Galaxy Note 5
Galaxy Note 8.0 
Galaxy Note Edge
Galaxy Tab 2
Galaxy Tab S 2
LG G4
ZTE x500
Oppo N3
vivo X6 plus
Asus Zenfone 2
Lenovo A850
Lenovo S90
OppoR7 plus
Xiaomi Redmi
Xiaomi Mi 4i

De acordo com a Check Point, os malwares encontrados nos aparelhos vão desde caça-cliques para anúncios até ransomwares como Loki e Slocker, que roubam e criptografam informações do usuário. Dos aparelhos, seis deles tiveram o malware instalado na ROM, o que dá privilégios de controle para o sofware malicioso.

- Continua após a publicidade -

Para descobrir quando o malware foi instalado, a empresa analisou dados como quando o sistema do aparelho foi instalado, quando ele passou por distribuidoras e o momento em que chegou ao consumidor.

Segundo o relatório, os vírus foram instalados em algum momento após a instalação do sistema e a antes de serem ligados pela primeira vez pelo usuário. Possivelmente a infecção ocorreu durante a distribuição por operadoras ou instalação de aplicativos que já vem com o sistema, os famosos bloatwares.

A Check Point recomenda que os usuários utilizem softwares de proteção avançados, já que, se esta onda continuar, você pode ganhar um malware de brinde junto com seu smartphone novo.

Via: Neowin
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.