Cientistas criam drone "molenga" que continua funcionando mesmo após colisões

Com o objetivo de criar drones mais resilientes, cientistas criaram um modelo "molenga" para que continuasse funcionando mesmo após colisões. O drone possui um corpo flexível, feito a partir de material visco-elástico. Já o seu centro e suas hastes possuem pontos magnéticos para que ele "volte ao normal" depois do impacto.

"O design permite que o drone se mantenha firme durante o vôo e flexível durante colisões", segundo a pesquisa científica publicada no jornal IEEE Robotics and Automation Letters. "Assim, há duas vantagens para o sistema: ser 'macio' e rígido. Isso garante uma resposta rápida e estável aos comandos recebidos durante o vôo ou mesmo depois de bater em algo".

Hoverbike Scorpion-3 é inovadora mistura de drone e moto que pode levar uma pessoa

Além de fazer com que o drone "dure mais", a pesquisa mostrou que humanos estariam "a salvo" em colisões de drones contra eles. Por ser mais "flexível", um drone molenga não machucaria tanto uma pessoa quando se chocasse com uma.

- Continua após a publicidade -

Via: The Verge
Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.