A vingança da Oculus: John Carmack processa ZeniMax por US$ 22,5 milhões

A batalha continua: John Carmack, o funcionário que custou R$1,5 bilhão para a Oculus, está processando a ZeniMax por não pagar US$ 22,5 milhões da compra da id Software, seu antigo estúdio que foi vendido para a dona da Bethesda em 2009.

Segundo o criador de "Doom" e "Wolfenstein 3D", o contrato feito em 2009 previa um pagamento total de US$150 milhões, mas 22,5 milhões foram esquecidos pela ZeniMax. De acordo com Carmack, a empresa se recusa a pagá-lo por causa do recente embate com a Oculus.

No mês passado, a ZeniMax venceu uma ação legal contra a Oculus onde o lendário desenvolvedor foi o protagonista. A companhia acusou o ex-dono da id Software de roubar dados confidenciais que seriam usados no desenvolvimento do headset de realidade virtual Rift.

Após longas investigações - que mostraram até a saga de Carmack para formatar um HD -, a Oculus foi condenada a pagar US$500 milhões para a ZeniMax por quebra de acordo de não divulgação. Agora, basta esperar para ver se Carnack vai recuperar parte da grana neste novo processo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Tech Crunch
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.