Ghost Recon Wildlands e seu péssimo desempenho no PC Adrenaline Custo x Benefício!

Ghost Recon Wildlands chegou essa semana para PS4, Xbox One e PC, e aproveitamos para testar o desempenho do game em PCs. Destacamos o nosso "meio de campo" pra começar os testes: o PC Custo x Benefício Adrenaline, modelo em que tentamos equilibrar custo com performance. E o resultado... bem, não foi dos nossos favoritos.

Veja PC a venda na Pichau com as configs que montamos nesse vídeo!
Artigo: PC Gamer Adrenaline: qual o computador que indicamos você montar pra jogar!

- Processador Intel Core i5-6400 - Site oficial - R$ 744
- Placa-mãe Gigabyte B150M-Gaming 3 DDR4 - R$ 471
- Memórias DDR4 2400MHz HyperX Fury 4GB (2x) - R$ 175
- Placa de vídeo PowerColor Radeon Red Dragon RX 470 4GB - Site oficial - R$ 799
- Disco rígido de 1TB Seagate Barracuda - Site oficial - R$ 260
- Fonte Thermaltake Smart 500W - Site oficial - R$ 230
- Gabinete Thermaltake Versa H15 - Site oficial - R$ 238 (a versão sem acrílico na lateral utilizada no vídeo custa 50 reais a menos - colocamos o preço errado)

Está visível o estresse que a CPU Intel Core i5-6400 está passando para encarar o game, e poucas alternativas sobram para tentar contornar esse problema. Vamos testando novas configurações, porém é difícil conseguir aliviar o estresse em um processador reduzindo qualidade gráfica ou resolução, já que esses dois fatores influenciam muito mais na GPU.

Agradecemos a Nvidia Brasil pelo envio da chave do game. Em breve mais testes, inclusive com nosso PC dos Sonhos e o guerreiro da galera, o PC Baratinho.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.