Microsoft rompe dominância da Intel e anuncia plataforma para servidores em ARM

A Microsoft anunciou nessa semana o Project Olympus, sua nova plataforma de servidores em nuvem baseada em ARM que pode finalmente romper a dominância da Intel no segmento, ainda mais com seu design open source. A ideia da criadora do Windows é reduzir os custos no segmento ao incentivar a competitividade e a flexibilidade dos servidores. Destacando que o Project Olympus não é só algo do momento, mas todo um novo caminho para futuras tecnologias de servidores da Microsoft, Jason Zander, o vice-presidente da divisão Azure da nuvem da empresa disse o seguinte:

"Esse é o próximo passo lógico. É um compromisso significativo da Microsoft. Nós nem traríamos alguma coisa nova se não pensássemos que esse é um projeto comprometido e algo que faz parte de nosso roadmap."

"Esse é o próximo passo lógico. É um compromisso significativo da Microsoft. Nós nem traríamos alguma coisa nova se não pensássemos que esse é um projeto comprometido e algo que faz parte de nosso roadmap."

O mercado de alta performance de servidores é dominado pela plataforma x86 e, por consequência, pela Intel, que deve ser até mais hegemônica nessa área do que no segmento doméstico. Segundo dados da própria empresa, ela domina 98% do hardware das empresas baseadas em nuvem. E, assim como acontece com computadores pessoais, a Intel não hesitava em aproveitar sua dominância para aumentar os preços. Agora, com outras gigantes se movendo para o mercado de servidores, como a Nvidia e a Qualcomm, além da AMD que já competia, mas segue se fortalecendo, a Microsoft viu a chance de finalmente se distanciar da Intel e ter opções mais acessíveis com o Project Olympus.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: TechPowerUp
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.