Ryzen é bom em jogos? Veja nosso gameplay com o Ryzen 1700X (feat. Alfredo Heiss)

Nossa análise com o Ryzen 7 já está no ar, e quem quiser ver em detalhes benchmarks com diversas aplicações, tem a review para conferir. Agora, pra galera que quer saber mesmo de jogar, que tal ver o que o processador é capaz de fazer na prática?

Colocamos o Ryzen 7 1700X em conjunto com uma Gigabyte GeForce GTX 1080 G1 Gaming e caímos no gameplay, com o apoio técnico e suporte emocional de Alfredo Heiss, pronto para tirar dúvidas sobre a nova tecnologia e rir de eventuais mortes nos campos do Battlefield 1.

Especificações técnicas do sistema usado:

- Placa-mãe Gigabyte AX370-Gaming 5
- Placa de vídeo: Gigabyte GeForce GTX 1080 G1 Gaming
- Memórias: 8 GB Kingston HyperX Predator DDR3/DDR4 2133MHz (2x4GB)
- SSD: Kingston HyperX 3K 240GB Sata 6Gb/s
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s
- Cooler: Noctua NH-U12S
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Análise Ryzen 7 1800X 

- Continua após a publicidade -

Gameplay Ryzen 7 1700X

Ryzen: nossas impressões das novas CPUs da AMD (hoje às 18h)

Videocast com Alfredo Heiss (hoje às 20h)

Tags
amd
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor lançamento de game em julho de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.