Loja de eletrônicos Fnac vai deixar o Brasil após constante queda nas vendas

A rede de lojas de eletrônicos Fnac vai deixar o Brasil após uma constante queda no número de vendas no país. Em seu relatório fiscal do ano de 2016, o grupo francês Fnac Darty, responsável pelas 12 lojas no Brasil, considerou a atuação no país uma "operação descontinuada" e está buscando compradores para os estabelecimentos.

Segundo o comunicado do grupo francês, a empresa deve sair sem prejuízos do país, pois houve um equilíbrio entre gastos e ganhos no último ano. Além disso, a Fnac pretende vender suas filias no Brasil assim que possível e "começou um processo ativo para buscar um sócio que dê lugar à retirada do país".

A Fnac chegou no Brasil nos anos 90 vendendo produtos eletrônicos e de livraria. O Brasil representa apenas 2% das vendas totais do grupo francês e, com as constantes quedas nas vendas, já era esperado que a permanência da varejista não durasse muito tempo.

No ano passado, a Fnac fundiu-se com a concorrente Darty, com o objetivo de diminuir a dependência de vendas de mídias físicas, como CDs, DVDs e livros. Em 2016, o grupo teve receita de 7,4 bilhões de euros e lucro anual de 54 milhões de euros.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Folha de S.Paulo
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.