Smartphones são culpados por seguros de carro custarem mais caro

Existe uma relação direta entre o aumento de uso de smartphones ao volante, o aumento de incidentes fatais de trânsito e o aumento dos seguros nos EUA. Isso é o que concluiu uma pesquisa conduzida pela State Farm Mutual Automobile Insurance Co. em 2015.

Dentre as pessoas entrevistadas, 36% admitiram usar os smartphones enquanto dirigem e 29% disseram que acessam a internet atrás do volante. Isso é ainda mais grave no caso das pessoas entre 18 e 29 anos. 64% dos jovens dessa faixa etária responderam que mandam mensagens enquanto dirigem e 54% disseram usar a internet na direção.

O que é e os principais recursos do Apple CarPlay

Como aponta o The Wall Street Journal, o número de incidentes de trânsito fatais cresceu 7,2% em 2015, de acordo com a entidade National Highway Traffic Safety Administration. Já a organização sem fins lucrativos National Safety Council sugeriu que essa estatística aumentou em mais 6% em 2016.

O que é Android Auto

- Continua após a publicidade -

Outro detalhe importante é que as estatísticas dos incidentes causados por motoristas que dirigiam usando smartphones muito provavelmente são menores do que a realidade. Afinal, geralmente os acidentados não admitem terem utilizado o dispositivo ao volante ou simplesmente não há como provar isso.

Seguros seguem aumentando como resultado


Informações do Insurance Information Institute indicam que os custos de seguros de automóveis cresceram em todos os anos desde 2009. A reportagem do The Wall Street Journal ainda conclui que essa tendência deve continuar, mesmo com os carros dos EUA ganhando mais e mais tecnologias de segurança.

O resultado dessa bagunça toda? Tanto a quantidade de usuários ativos de smartphones ao volante, de acidentes de trânsito fatais e os preços dos seguros estão subindo juntos.

Situação não é diferente no Brasil


No Brasil, o panorama não é nem um pouco diferente. Em 2014, um terço de todos os acidentes de trânsito do país foram causados por pessoas que estavam usando o celular. Vale lembrar que, assim como nos EUA, essa estimativa é bastante conservadora.

Segundo informações do seguro Dpvat, acontecem 1,3 milhões de acidentes ao ano relacionados ao uso de celulares em automóveis. 80% dos motoristas do país admitiram usar o smartphone ou alguma tecnologia que gere distração enquanto dirige.

Via: The Wall Street Journal, Android Authority
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.