Google é condenado a pagar US$ 20 milhões por violar patentes anti-malware com o Chrome

A cada nova versão, o Google Chrome ganha novas melhorias e atualizações de segurança, mas um desses updates custou US$ 20 milhões ao Google.

Uma corte no Texas, Estados Unidos, condenou a empresa de tecnologia a pagar uma multa de US$ 20 milhões por infringir patentes anti-malware com o navegador Chrome. Esta é a primeira vez que a companhia é acusada de roubar tecnologias e utilizá-las em seu navegador para desktop.

A ação legal em questão foi movida em 2013 por Alfonso Cioffi e Allen Rozman, engenheiro da antiga empresa de telecomunicações Lucent, que pertence a Nokia desde 2016.

O processo foi avaliado em 2014 por uma corte distrital norte-americana, mas acabou sendo deixado de lado pelo juiz, que considerava inviável uma reivindicação legal de um "processo de navegador da web".

Após a negativa, os engenheiros levaram o caso para um tribunal federal, que acatou a ação legal contra o Google após concluir que Cioffi e Rozman estavam tentando apenas proteger seu trabalho. Os detalhes do veredicto lançado pela corte da cidade de Marshall que culpou o Google estão disponíveis neste documento online.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: The Next Web
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.