Google Now e Siri são as assistentes de voz mais populares, mas Alexa é a mais utilizada

A empresa de análise HigherVisibility revelou detalhes sobre uma crescente tecnologia: as assistentes de voz com inteligência artificial. A pesquisa revelou detalhes que vão desde quais os termos mais buscados pelos usuários até qual é a assistente mais precisa.

Para chegar aos dados, foram entrevistados 2000 donos de smartphones, onde 60% dos usuários utilizam comandos de voz. A adoção da tecnologia acontece pela comodidade: para os usuários, é mais fácil falar do que digitar a pesquisa.

Google Now é popular, mas Alexa é a queridinha

Segundo os dados, o serviço de pesquisa por voz mais presente em smartphones é o Google Now, sistema padrão de aparelhos que rodam Android. O launcher do Google  está em 49,4% dos aparelhos dos entrevistados. Em seguida, aparece a assistente da Apple Siri, presente em 42,5% dos dispositivos.

- Continua após a publicidade -

Quando o assunto é uso diário, os sistemas mais populares acabam perdendo para a Alexa, assistente de voz que equipa produtos da Amazon e dispositivos feitos para Internet das Coisas. Segundo a pesquisa, 37,1% dos usuários usa a Alexa pelo menos uma vez por dia. O Google Now aparece em seguida, com 23,5%.

Como a pesquisa foi feita nos Estados Unidos, onde a Alexa é bastante popular, o resultado possivelmente não representa o cenário brasileiro, já que a assistente de voz da Amazon tem pouca representatividade por aqui.

"Tocar música"

A pesquisa também revelou qual o termo mais ouvido pelas assistentes de voz. Segundo a HigherVisibility, 14,2% dos usuários costuma pedir para o smartphone "tocar música". Em seguida, com 12,6%, aparece "gerenciar, ativar ou cancelar alarme".

- Continua após a publicidade -

Além de dizer o que as assistentes costumam ouvir, o estudo da HigherVisibility também concluiu que a Cortana é a melhor em ouvir os usuários. Segundo a pesquisa, a assistente da Microsoft acerta em 93% dos casos. A Alexa aparece em segundo, com uma taxa de acerto de 92,3%. Google Now e Siri também se saíram bem, conseguindo entender os usuários em 90,8% e 82% das vezes, respectivamente.

Abaixo, um vídeo que mostra como a precisão na hora de ouvir o comando de voz é importante:

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Devem existir lançamentos de chips com melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.