Fábrica chinesa aumenta a produtividade em 250% após substituir humanos por máquinas

As máquinas começaram a tomar o lugar de empregados humanos na China e estão entregando resultados impressionantes. A Changying Precision Technology Company (CPTC), empresa que fabrica smartphones, substituiu 590 funcionários por robôs automatizados. O resultado: um aumento de 250% na produtividade e apenas 5% de produtos defeituosos.

Além disso, com a queda no número de funcionários de carne e osso, as falhas humanas diminuíram em 80%. Segundo o Monetary Watch, a fábrica mantém 60 funcionários para tomar conta das instalações e fazer a manutenção das máquinas, mas o quadro deve diminuir em 2017. De acordo com Luo Weiqiang, gerente da companhia, o plano é manter apenas 20 empregados no futuro.

Desde 2015, cidade chinesa de Dongguan vem investindo na substituição de humanos por máquinas para aprimorar linhas de produção. Como era de se esperar, a tendência já está se espalhando pelo mundo e isso deve se tornar cada vez mais normal, o que já tem mobilizado sindicatos de trabalhadores.

A fabricante de carros elétricos Tesla e a Uber, por exemplo, estão trabalhando para lançar veículos 100% autônomos nos próximos anos e, junto com isso, dispensarem motoristas em serviços de corrida. No começo do ano, um dos maiores sindicatos de Nova York se mostrou contrário a ideia, pedindo que a tecnologia seja proibida por 50 anos com o objetivo de garantir empregos para os humanos.

Via: Tweaktown, Monetary Watch
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.