Jogador profissional de CS:GO é banido por mil anos após assediar garota de 15 anos

O jogador profissional de CS:GO Reece "Bloominator" Bloom foi banido por 1 mil anos do jogo por assediar uma garota de 15 anos na internet. A punição foi imposta pela organizadora de campeonatos ESEA e vale por 365 mil dias, durando até 6 de junho de 3016.

A sentença foi declarada após conversas dele com uma garota de 15 anos serem divulgadas na internet. O Jogador de CS:GO enviou fotos de seu pênis para a adolescente, além de mensagens como "Existe algo em ser capaz de influenciar mentes jovens", "Alguns diriam que é estupro, mas nós dois sabemos que você quer" e "Não sei se sou retardado ou apenas não ligo em ser pedófilo."

Como é possível ver na página do ex-jogador na ESEA, o motivo oficial para o banimento do pro player foi "atividade maliciosa" com um membro da comunidade. Em comunicado enviado ao Kotaku, a gerente da liga disse que  "esse tipo de comportamento não é tolerado".

Após o banimento, Bloom postou um pedido de desculpas no Twitter, que já foi deletado. No comunicado, o jogador se desculpa com sua equipe, a Armor eSports, que atualmente compete na liga principal de CS:GO da ESEA.

"Obviamente, fui incrivelmente estúpido por fazer o que fiz. Gostaria de me desculpar acima de tudo com a Armor eSports por arruinar uma ótima situação que eles tinham com o time de CS: GO", disse o ex-jogador.

- Continua após a publicidade -

 

Via: Kotaku
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.