Microsoft lança campanha de cidadania digital para um comportamento mais adequado na internet

A Microsoft acaba de lançar a "Por Uma Internet Melhor", uma campanha de cidadania digital para estimular um comportamento mais adequado e promover atitudes de respeitabilidade entre os usuários de internet. O gancho da ideia é o Dia de Internet Segura

A campanha é baseada no Índice de Cidadania Digital, pesquisa feita em 2016 pela empresa com pessoas de 13 a 17 anos em 14 países da América Latina (Brasil incluso), examinando as atitudes e percepções das pessoas sobre comportamentos e interações online. 

Depois da coleta das conexões de dados inferidos, o estudo detectou os 5 riscos constantes enfrentados pelos usuários de internet. São eles, em ordem de frequência: contato indesejado, ser tratado de forma maldosa, "trollagem", receber mensagens sexuais indesejadas e assédio.   

Os princípios da campanha são:

- Continua após a publicidade -

1 - Trate os outros como gostaria de ser tratado

Aja com empatia, compaixão e gentileza em cada interação e trate todos com dignidade e respeito.

2 - Respeite as diferenças

Compreenda diferentes perspectivas e evite ofensas e ataques pessoais.

3 - Pense antes de responder

- Continua após a publicidade -

Não publique ou envie nada que possa ofender outra pessoa, prejudicar reputações ou ameaçar a segurança de outros.

4 - Proteja você e os outros

Apoie as vítimas de abusos online, informando sobre atividades que ameacem a segurança de qualquer um e preservando evidências de comportamento inapropriado ou inseguro.

Os países que registraram os menores índices (e, portanto, os mais altos níveis de civilidade digital) foram Reino Unido (45), Austrália (51) e Estados Unidos (55). Na outra ponta, com os piores resultados estão, estão África do Sul (78), México (76) e Rússia (74). O Brasil atualmente está com 66 de índice

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.