As tecnologias das placas AM4 (Ryzen): veja modelos e tecnologias de Asus, Gigabyte e MSI

Em um webinar com a imprensa, a AMD e suas parceiras apresentaram seus modelos e tecnologias que estarão presentes nas placas mãe com o soquete AM4, o que será utilizado nos novos processadores Ryzen e nas APUs baseadas na nova microarquitetura Zen. Asus, Gigabyte e MSI mostram alguns de seus modelos que chegarão junto com a nova geração da AMD.

Os produtos se assemelham com as últimas novidades do lado Intel, com o chipset Z270, atualizando o lado AMD com tecnologias mais modernas. A exceção é o Optane, tecnologia desenvolvida pela Intel e que seguirá exclusiva do "lado azul da força", disponível hoje apenas em placas-mãe Z270.

Intel Z270: as novas placas-mãe para processadores Kaby Lake (e Skylake também)

Asus

A Asus mostrou um line-up com modelos para os três chipsets: X370, B350 e A320, sendo que seus modelos mais poderosos, como a linha CROSSHAIR vão contar com recursos customizados de iluminação RGB, inclusive trabalhando em conjunto com periféricos e outros hardwares compatíveis. O sistema Fan Xpert vai trazer alto grau de customização e perfis para gerenciamento de múltiplas ventoinhas, otimizando o resfriamento por todo o gabinete e o Instant O.C. promete automatizar o overclock utilizando parâmetros definidos pelo usuário, como aquecimento ou consumo máximo.

- Continua após a publicidade -

Gigaybte

Para o lado da Gigabyte, a aposta será o uso da marca Aorus, que já vem utilizada em notebooks e também em placas de vídeo e placas-mãe recentes. Os dois destaques são o recurso de gerenciamento de luzes RGB, o RGB Fusion, e uma interface gráfica que ajuda a configurar e administrar as fans no gabinete, a Smart Fan 5.

- Continua após a publicidade -

MSI

Como não poderia deixar de ser, a MSI também mostrou uma tecnologia de gerenciamento de LEDs RGB, a Mystic Light Sync, que terá suporte a controle via smartphone. Outras novidades incluem o PCB Armor, uma estrutura em torno dos slots das memórias RAM DDR4 que melhora a estabilidade, o M.2 Shield, um dissipador de calor para SSDs nesse formato e também o VR Boost, um chip dedicado que irá aumentar a performance em VR.

Coolers

A AMD também voltou a falar dos coolers para seus novos processadores. Por conta da maior quantidade de pinos, não foi possível manter o mesmo formato utilizado nos últimos 10 anos, porém as furações para o encaixe foram apenas alteradas em uma dimensão, ficando mais distantes na largura mas mantendo a mesma altura, o que possibilita usar fans anteriores se utilizado adaptadores que poderão ser fornecidos pelas fabricantes, com algumas empresas já anunciando a disponibilidade, caso da Cooler Master e da Noctua.

É uma pequena adaptação que, como o próprio representante da AMD debochou, "não é nada demais já que vocês já tem que lidar com outras empresas mudando tudo a cada seis meses". 

Veja como irá funcionar os coolers no novo socket AM4 da AMD e se os coolers atuais serão compatíveis

E o que faltou?

Como o lançamento dos processadores Ryzen ainda não aconteceu, ainda há alguns mistérios não revelados. Apesar de diversas vezes ser citado o suporte a overclock, as empresas ainda não detalharam qual o aumento de frequência alcançado, já que nem foram anunciadas as frequências padrão dos processadores da AMD. Outra informação faltando é a frequência máxima suportada nos módulos de memória DDR4: essa é outra especificação que tem relação com as CPUs, e que ainda não foram anunciadas.

Ainda não há uma data oficial de lançamento para os processadores Ryzen, porém há rumores indicando que podemos ter novidades no começo de março. As placas-mãe AM4 devem aparecer na mesma época.

 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.