Google Chrome e Firefox vão alertar usuários sobre sites que ainda não usam HTTPS

As novas versões dos navegadores Google Chrome e Mozilla Firefox (56 e 51, respectivamente) vão alertar os usuários sobre sites com conexões inseguras e que podem ser eventualmente hackeados, causando o vazamento de dados sensíveis como informações bancárias.

Com a atualização, o principal diferencial é que ambos os navegadores marcam sites que ainda utilizam HTTP e não migraram para o HTTPS, padrão mais recente e seguro de conexão.

O navegador da Mozilla exibe um cadeado cinza com uma barra vermelha quando um site com conexão HTTP exibe informações de login, além da mensagem "Logins feitos nesta página podem ser comprometidos".

No Google Chrome, uma etiqueta escrito "não seguro" aparecerá ao lado do endereço, e também vai ressaltar sites inseguros que pedem informações bancárias como detalhes do cartão de crédito. De acordo com informações dadas por desenvolvedores no ano passado, o navegador também alertará os usuários sobre a conexão HTTP no modo anônimo.

- Continua após a publicidade -

A versão mais recente do Firefox já está disponível no site da Mozilla. O Google Chrome 56 chegará nos próximos dias, segundo o blog do navegador.

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.