Desenvolvedores não tem visão positiva de mercado para PS4 Pro e Project Scorpio

De acordo com uma pesquisa da Game Developers Conference, criadores de jogos não estão muito seguros com a ideia do Project Scorpio e PlayStation 4 Pro. Com base na pesquisa, 18% dos desenvolvedores acha que os consoles dessa geração são um lançamento que trará resultados positivos para a indústria.

Enquanto isso, 41% deles estavam indecisos sobre os benefícios dos novos consoles, e 36% disseram que são "neutros" sobre esta situação. Para muitos deles, o problema está relacionado com o trabalho que seria criar jogos para várias versões do mesmo console. Além de que, isso criaria uma "divisão" entre jogadores.

Chefe do Xbox não garante mais Scorpio antes da E3, mas "ganhar" evento não é seu foco

"Eu não quero que os mercados sejam divididos", disse um entrevistado da pesquisa. 

Quando você está desenvolvendo algo para um console, você se beneficia de ter uma plataforma fixa", observa Meggan Scavio, gerente geral da GDC. Os entrevistados são em maioria da América do Norte (67%) homens (78%) e que têm trabalhado na indústria entre 3-6 anos (37%).

- Continua após a publicidade -

Tudo que você precisa saber sobre o PS4 Pro

Outros dados da pesquisa mostram que a maioria dos desenvolvedores não estão trabalhando em VR para todos títulos. 61% dos entrevistados disseram que não estão trabalhando ativamente num projeto para realidade virtual.

Via: The Verge
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.