FBI prende executivo responsável pelo "dieselgate" na Volkswagen

Um dos executivos da Volkswagen responsável pelo "dieselgate" foi preso hoje pelo FBI nos Estados Unidos. Oliver Schmidt, que trabalhou na empresa entre 2014 e 2015, foi detido no sábado e indiciado por fraude e conspiração aos Estados Unidos, de acordo com fontes internas do caso. Para quem não lembra do caso, a empresa burlou testes de emissões de carros a diesel usando um software chamado "defeat device".

A Volkswagen não confirmou a prisão, e um porta-voz da empresa disse ao New York Times que a companhia continua cooperando com o Departamento de Justiça. O representante também disse que não é apropriado revelar informações da investigação ou comentar sobre qualquer ação. Tanto o FBI quanto o Departamento de Justiça não comentaram sobre o caso, mas a prisão de Oliver Schmidt é uma "chave" para solucionar o caso "dieselgate" na empresa. 

O executivo, que foi supostamente detido, não é a primeira pessoa a enfrentar a lei por causa do escândalo da Volkswagen. O engenheiro James Liang foi declarado culpado por conspiração e fraude pública em setembro do ano passado. A fabricante de carros terá que pagar 14.7 bilhões de dólares pela fraude nas emissões de diesel. O caso continua sendo investigado. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: The Verge
Assuntos
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.