Benchmarks em games com o Core i7-7700K, e os bugs que passamos que atrasaram a publicação!

Como a galera que viu no dia do lançamento da análise do Intel Core i7-7700K, houve um atraso em nossa publicação dos benchmarks com games, que aconteceu só hoje. Por conta de resultados inconsistentes, tivemos que segurar a publicação de nossos resultados com games como GTA V e Hitman. E o mais curioso são os motivos que causaram essas variações, e que só agora conseguimos descobrir e contornar.

Uma das dores de cabeça foi o game Hitman. Ele entra em nossos testes com processadores por ser muito exigente com CPUs, devido a grande quantidade de objetos renderizados nos cenários do jogo, por usar DirectX 12 e por isolar o processador nos resultados dos testes. E o motivo para o adiamento foi... o Denuvo. Assim como aconteceu em nosso gameplay, que precisou ser adiado em um dia, o jogo simplesmente travou nosso acesso temporariamente. Essa trava até faz algum sentido, já que em um intervalo de poucas horas a placa-mãe e o processador do sistema mudou diversas vezes, mas para nossa rotina de benchmarks simplesmente quebra toda a agilidade de realizar os testes. Inclusive não terminamos eles ainda por conta dessas travas.

Isso acontece porque aqui no Adrenaline refazemos os testes de todos os hardwares do comparativo. Isso quer dizer que modelos como o Core i7-4790K tem que sair da gaveta e colocar seus núcleos para trabalhar de novo. Se não é feito assim, games que sofreram grandes atualizações ao longo do tempo trazem resultados que não fazem nenhum sentido, caso desse gráfico do TweakTown abaixo. Não há tanta diferença entre os modelos de quarta geração Core e os mais recentes, esse gap gigantesco que surgiu é possivelmente alguma atualização ou mesmo erro.

Com GTA V nosso bug foi outro. Os modelos Skylake e Kaby Lake insistiam em trazer resultados notavelmente inferiores aos modelos Core mais antigos, algo totalmente sem sentido quando comparávamos com todos os demais testes realizados. Depois de muitas tentativas, descobrimos um padrão bem estranho: esses processadores de sexta e sétima geração Core da Intel apresentam resultados ruins em FullHD se você usa... um monitor em resolução 4K! Mesmo com o teste configurado para 1080p, e a resolução visivelmente sendo substituída para o FullHD enquanto está sendo rodado o benchmark, esses processadores perdem um pouco de desempenho, algo que não acontece em outros modelos.

- Continua após a publicidade -

Contando assim fica fácil, mas até descobrirmos o que era...

Para descobrir mais da performance do Core i7-7700K em games, não deixe de acessar nossa análise atualizada do processador!

 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.