AMD Ryzen: primeiros vazamentos de análises mostram performance das CPUs

Começam a circular supostos benchmarks e análises de um processador Ryzen, e o vazamento à moda antiga: páginas (sim, impresso) de uma publicação hardware, a Canard PC Hardware, uma publicação conceituada da França em operação desde 2001, mostra os resultados de testes com um processador AMD baseado na nova arquitetura.

Ryzen bate Intel Extreme Edition (Core i7-6900K) em testes de performance

O processador utilizado é uma peça de engenharia liberada antecipadamente para a imprensa sobre NDA (Non-Disclosure Agreement, um acordo de confidencialidade) e um indicativo de que não se trata de um produto finalizado são os clocks: durante os testes, a CPU Ryzen (ainda sem a identificação do modelo) operou entre 3.15GHz e 3.3GHz, abaixo dos 3.4GHz que segundo a AMD serão o clock base de toda a linha Ryzen.

Nos testes é possível notar novamente placares capazes de bater um Core i7-6800K da Intel, modelo com custo na casa 400 dólares.

- Continua após a publicidade -

Outro resultado interessante foi o comparativo com o FX-8370, um dos processadores mais recentes da AMD hoje no mercado. O salto em IPC (instruções por ciclo) trouxe um avanço importante. A CPU Ryzen conseguiu entregar 35% mais performance consumindo 93W, enquanto o FX consome 138W.

As tecnologias dos processadores Ryzen: clocks mais precisos, mais performance e capacidade de "predizer" o futuro

As CPUs Ryzen chegam no ano que vem, ainda sem modelos anunciados e preços definidos. Vamos esperar pelo lançamento oficial dos processadores para descobrir sua real performance, pois esses resultados ainda não possuíam as novas tecnologias e otimizações dessa nova geração de CPUs da AMD.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.