Ações da Nintendo começam a cair com análises negativas em Super Mario Run

O lançamento do primeiro game da Nintendo para mobile estava sendo antecipado com empolgação pelos investidores da empresa e não sem motivos. A chegada de Super Mario Run no iOS elevou as ações da empresa para valores tão altos quanto US$ 255,99. Mas esse preço já caiu (e muito), de volta para os US$ 209,40 e o principal motivo para isso seria as análises dos usuários, que estariam descontentes com o fato de terem que comprar o jogo. O aplicativo se encontra com uma média de apenas duas estrelas em suas avaliações na App Store.

Site oficial do Super Mario Run

Desde o primeiro anúncio do app, a Nintendo deixou claro que Super Mario Run não seria gratuito. O game custa US$ 10 para se ter acesso completo a todas as fases e modos de jogo. O que pode estar causando confusão, entretanto, é que ele aparece como "grátis" na loja porque é possível baixá-lo sem pagar para experimentar algumas fases, tendo que realizar a compra para desbloquear tudo.

A Nintendo teria optado por esse formato para oferecer uma espécie de demo do jogo, mas os usuários estão interpretando isso como um "truque", que faz você baixar o jogo e depois aparece com a cobrança. É bom lembrar que a maioria das pessoas não acompanha as notícias de lançamentos de novos apps, nem fica lendo a descrição de jogos na App Store. Elas simplesmente veem o jogo surgindo como "grátis" na loja e depois são surpreendidas pelo preço cheio do jogo que, inclusive, não é dos menores quando comparado a outros aplicativos.

Fonte: Shack News
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.