Supostas velocidades de clock de CPU e GPU do Nintendo Switch são reveladas

Depois do site Venture Beat revelar na semana passada que Nintendo Switch deve usar o chip Maxwell Tegra X1, o site Eurogamer divulgou as prováveis velocidades em que o processador e a GPU vão rodar.

De acordo com a reportagem, o console vai rodar em velocidades diferentes quando está no modo portátil do que durante o quando está no dock. No seu "modo tablet", a GPU do Switch vai rodar a 307.2 MHz. Quando estiver em seu dock, os desenvolvedores podem escolher manter esse clock ou aumentá-lo para 768 MHz. Ou seja, um número quase 2,5 vezes maior.

Isso quer dizer que, de fato, o Switch vai rodar os games melhor no seu modo console, mas isso não se deve a nenhum hardware extra no dock. Apenas o fato de que o dock vai fornecer mais energia já é suficiente para proporcionar o aumento de clock. Além disso, não há preocupações com a duração de bateria quando se está conectado na tomada.

Há ainda especulações de que o dock pode fornecer algum tipo de resfriamento extra. Outro detalhe é que o clock de 307.2 MHz seria o suficiente para evitar a necessidade de thermal throttling – a diminuição dos clocks para evitar superaquecimento.

- Continua após a publicidade -

Isso também revela que o Tegra X1 não vai estar rodando na sua potência máxima no Switch, já que ele opera a 1 GHz no Nvidia Shield Android TV – um dispositivo que não tem tela e que está sempre conectado na tomada.

Caso seja verdade, isso praticamente confirma que os games devem rodar em resolução 720p no "modo tablet" e em 1080p quando o dispositivo está no dock e conectado na TV.

A CPU vai rodar o tempo todo em clock de 1020 MHz, enquanto os desenvolvedores podem escolher entre o controlador de memória rodando a 1331 MHz ou 1600 MHz, independente de estar como portátil ou no dock.

Via: Eurogamer
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.