Fitbit compra a Pebble e encerra suporte ao hardware já lançado da startup

A Fitbit anunciou oficialmente a aquisição da startup Pebble por menos de US$ 40 milhões, mas com ênfase apenas em software e não hardware. Isso significa que os dispositivos já lançados pela empresa que começou no Kickstarter não vai mais receber suporte e perderão funcionalidades, como diz o post da própria Pebble em sua página do crowdfunding.

Grandes companhias ainda estão lutando para conseguir alavancar o mercado de vestíveis, especialmente smartwatches. Mas a Pebble sempre teve popularidade, tendo uma das campanhas melhor sucedidas do Kickstarter, oferecendo um dispositivo de código aberto e mostrador em E-Ink, que prometer horas de autonomia. Esse sucesso, entretanto, não se refletiu em lucratividade e a empresa vinha lutando para se manter.

Dois produtos já anunciados foram, agora, cancelados. O Pebble Time 2 e o Core não vão mais existir e quem ajudou a financiar esses próximos projetos no Kickstarter vai receber o dinheiro de volta. Já o primeiro smartwatch Pebble, que já foi lançado, vai ter "suas funcionalidades e qualidade do serviço reduzidos". A Pebble pretende fazer ainda mais uma atualização para o aparelho ficar menos dependente de serviços na nuvem antes de encerrar de vez o seu suporte.

Fonte: The Verge
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.