State of Decay 2 terá área jogável consideravelmente maior que a do primeiro jogo

Jeff Strain, o CEO do estúdio Undead Labs – responsável pelo desenvolvimento do RPG survival de mundo aberto State of Decay 2 – confirmou que o game vai se passar numa nova cidade, consideravelmente maior que a do game original.

"Eu sei que os fãs de SoD estão famintos por novos detalhes sobre o número e o tamanho dos mapas, regiões, quilômetros de área jogável, etc. Mas ainda não estamos prontos para isso", conta Strain.

Por isso, ele se limitou a dizer que a área jogável do segundo game será substancialmente maior que a do primeiro título da série. "Os milhões de jogadores de State of Decay foram bem claros sobre o que eles queriam em State of Decay 2: um State of Decay maior, melhor e que eles pudessem jogar com os amigos. Nós pretendemos entregar isso", explicou o CEO da Undead Labs.

Ele também falou sobre as novas possibilidades que o co-op entre até 4 jogadores traz para o game. Por exemplo, se os jogadores podem deixar de ser amigáveis, já que o jogo original trabalha bastante o gerenciamento das relações dos sobreviventes.

Segundo Strain, não será possível transformar o jogo numa batalha PvP (Player vs Player, ou jogador versus jogador) pois esse não é o objetivo do jogo. Ou seja, seus amigos não podem invadir a sua base e destruir tudo.

Apesar disso, existem maneiras deles serem hostis a você e a seu mundo. "O exemplo mais simples é de alguém fazendo um barulho e a simulação de zumbis responder. Você pode se encontrar numa situação onde um dos seus personagens acaba morrendo porque outro jogador fez uma atividade com a qual você não conseguia lidar", desenvolve Strain.

- Continua após a publicidade -

"Porém, isso vai para os dois lados. Você pode acabar gerando uma situação onde um dos personagens do seu convidado acaba sendo morto, de maneira permanente", continua o CEO da Undead Labs.

Você pode conferir a entrevista completa (em inglês) no site IGN.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.